Entre em contato conosco

(16)99756-7494 | (16)3625-0465

Ribeirão-pretano se destaca no Mundial de Caratê


A equipe de caratê de Ribeirão Preto (SME/Total Health/Clínica Collucci/Instituto Ricardo Aguiar) contou com a participação de quatro atletas, além do técnico Ricardo Aguiar, no Mundial da modalidade realizado de 25 a 30 de outubro, em Linz, na Áustria. O carateca Vinícius Figueira obteve a melhor colocação dentre os ribeirão-pretanos e chegou a disputar o bronze. A Seleção Brasileira conquistou uma prata e um bronze inédito no para-caratê.

“A avaliação que faço do nosso desempenho no mundial é positiva. Vejo uma mudança de comportamento nos nossos atletas, mas ainda acho que falta mais intercâmbio contra os principais adversários. Uma maior frequência nesses intercâmbios dá melhores condições a nossa seleção que resultará numa chegada mais forte a competições tão importantes”, destaca o coordenador técnico e técnico da seleção Ricardo Aguiar.

Representaram a cidade de Ribeirão Preto na seleção os atletas: Milton Menezes (até 75 kg), Maike Steffen (até 61 kg), Breno Teixeira (até 67 kg) e Vinícius Figueira (até 67 kg). Vinícius conquistou a melhor colocação dentre os ribeirão-pretanos, chegou a disputa de bronze, mas foi superado.

“De modo geral nós tivemos duas disputas de medalhas. Trouxemos a prata com a Valéria Kumizaki e o Vinícius Figueira perdeu na disputa pelo bronze, mas o trabalho não para. Do Mundial ele já vai para outro torneio na Itália”, comenta o técnico.

Para Ricardo Aguiar a surpresa no mundial ficou por conta da inédita conquista de medalha no para-caratê. “Foi a primeira medalha na história do para-caratê brasileiro. A Débora, uma atleta de Campinas, conquistou o bronze na categoria para deficiente visual. Isso foi uma surpresa muito positiva”, finaliza Ricardo.

O Mundial de Caratê é disputado a cada dois anos e na edição de 2016 o Brasil contou com uma delegação de 20 pessoas: 18 atletas, o coordenador técnico e técnico Ricardo Aguiar e a técnica Lucélia Brose. O presidente da Confederação Brasileira de Caratê, Luiz Carlos Cardoso, o delegado da modalidade, Luiz Carlos Cardoso Junior e o árbitro Eduardo Porchat também estiveram no Mundial. A competição aconteceu na cidade de Linz, na Áustria, de 25 a 30 de outubro.