Entre em contato conosco

(16)99756-7494 | (16)3625-0465

Ricardo Aguiar comemora caratê nas Olimpíadas em Tóquio 2020


 

 

 

 

Decisão foi tomada pelo COI na tarde desta quarta-feira, 3, no Rio de Janeiro

 

O técnico da Seleção Brasileira de Caratê, Ricardo Aguiar, comemorou a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) em escolher do caratê como modalidade olímpica para as próximas Olimpíadas, em Tóquio, 2020. A decisão que incluiu, também, outro quatro esportes: beisebol/softbol, skate, surfe e escalada esportiva, foi tomada durante o segundo dia de reuniões na 129ª Sessão do COI, no Rio de Janeiro, na tarde desta quarta-feira, 3.
 

“Esse é o resultado do trabalho de muitas gerações dentro e fora do tatame. Me sinto honrado de vivenciar e fazer parte dentro e fora do tatame de tudo isso. Parabéns CBK pelo trabalho no nosso país! Parabéns caratê. Nós merecemos”, comemora Aguiar.

 

“Estamos todos muito contentes com essa decisão. É algo histórico para o nosso esporte. A data de hoje com certeza é um marco no caratê mundial e, também, no brasileiro, que atravessa a melhor fase da sua história, com títulos recentes individuais e por equipes”, completa.

 

Com a confirmação do COI, a modalidade terá cerca de 90 atletas nas próximas Olimpíadas e será disputada em seis categorias, entre kata e kumitê, masculino e feminino. Para ele, o planejamento da Seleção já vai começar a partir de agora.

 

“Hoje somos o sexto país no ranking mundial e somos os atuais campeões sul-americano e pan-americano. Temos uma equipe adulta consolidada que, daqui quatro anos, muitos atletas ainda estarão em alto nível. Além disso, a base também é muito forte. É um momento muito bom do caratê nacional”, disse o técnico que conduziu o Brasil ao título inédito dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015.

Os próximos compromissos da Seleção será o Pan-Americano das categorias de base, no fim de agosto, em Guayaquil, no Equador. Em outubro, ocorre o Campeonato Mundial em Linz, na Áustria.